O que a atividade física no seu pet pode prevenir?

A atividade pode ser uma grande aliada do pet, que muitas vezes enquanto praticam, também se divertem. O mais interessante nesse cenário, é que pode ser um meio de prevenir uma série de problemas de saúde, não apenas a perder peso, como também aliviar os sintomas de stress, entre outras possibilidades. Isso se deve ao fato de que com a prática, as seguintes vantagens são alcançadas:

  • Fortalecimento de músculos;
  • Aumento de disposição;
  • Prevenção de doenças;
  • Melhorias no condicionamento.

Caso a prática de atividades físicas seja negligenciada, uma série de problemas podem surgir, independentemente do tipo de local em que o animal vive.

Um desses problemas é o estresse e é importante não apenas identificar os sinais, como também os fatores desencadeantes para essa condição e como resolvê-la.

Entre os sintomas que podem estar presentes no caso dos cães, é possível citar se chacoalhar mesmo seco, se coçar em excesso, perda de apetite, falta de atenção e ranger os dentes.

Além disso, arranhar e morder também podem ser sinais. Os gatos também podem apresentar falta de apetite, miados em excesso, agressividade e ansiedade.

Por essa razão, é indispensável que sempre exista atenção ao comportamento dos animais. É interessante tentar deixar o animal mais calmo e se possível, identificar um motivo para essa situação.

Caso os sintomas persistam, é fundamental direcioná-lo para um veterinário, que poderá estabelecer um diagnóstico preciso e orientar a respeito do tipo de tratamento mais adequado, que pode ou não envolver medicamentos.

Pet: A depressão em cães e gatos

Por mais que a atividade física possa prevenir determinados sintomas da depressão nos animais, é indispensável abordar o fato de que diversos fatores podem levar a esse tipo de condição, tais como traumas, abandono, alteração de ambiente, entre outras possibilidades.

Naturalmente, como toda enfermidade, há chances de se manifestar de maneiras distintas em cada animal. De forma geral, não é uma doença fácil de ser identificada devido a sua particularidade e, por essa razão, também é recomendado que exista atenção à possíveis alterações no comportamento dos cães e gatos, principalmente caso se mostrem apáticos, sensíveis ao toque, agressivos, com febre ou vômito.

A prevenção é um dos principais meios para evitar a depressão, ou seja, cuidando do animal, porém, caso a doença seja desenvolvida, com o auxílio de um veterinário de confiança, é possível tratar o quadro.

É válido lembrar sempre que ao escolher qualquer tipo de animal de estimação, é essencial assumir o compromisso de cuidar da melhor forma que for possível.

A grande distinção entre os felinos e os caninos é que no primeiro caso, se trata de animais com maior independência e por essa razão, estão menos propensos ao desenvolvimento do quadro. No entanto, não se deve negligenciar o fato de que há chances de que isso ocorra.

Pet: obesidade

O sobrepeso nos animais é muito mais do que uma questão estética, afinal, quando chegam ao estágio de obesidade, ficam mais vulneráveis a problemas como diabetes, acometimento das juntas e enfermidades cardiovasculares severas.

Devido a comida excessiva, os animais domésticos que apresentam mais chances de alcançar esse tipo de condição são os castrados e os mais velhos, principalmente devido a um metabolismo mais lento ou mobilidade reduzida por causa de problemas nas juntas.

Diabetes é uma das principais consequências, porém, há uma série de problemas que podem surgir devido a situação. Por exemplo, há gatos que devido ao porte que atingem, não conseguem alcançar determinadas partes do corpo para lamber e limpar, resultando assim em infecções cutâneas.

Ao levar o pet em um veterinário, é possível estabelecer a melhor forma de tratamento, que normalmente envolve um plano de nutrição e atividades físicas.

No entanto, caso alguma doença subjacente já tenha sido desenvolvida, o tratamento também deve ser implantado. Por essa razão, o quadro completo do animal é avaliado no consultório do profissional, principalmente para detectar o tipo de comprometimento em sua saúde causado pelo sobrepeso.

Conforme pode ser notado com as informações apresentadas ao longo do texto, os animais domésticos também estão propensos a problemas severos e a atividade física é uma forma de evitar.

Sem dúvidas, é muito importante sempre buscar opções que sejam favoráveis para cada tipo de animal, para que resultados positivos sejam alcançados.

Deixe uma resposta