Existe alguma diferença de caixa de transporte para cães e gatos?

A vida moderna tem seus benefícios, mas também é muito inconstante. Nos intervalos de tempo entre viajar, se mudar e trabalhar, fica difícil ter certeza de que seu animal de estimação está sendo bem cuidado.

Por isso mesmo é importante tomar algumas precauções, e não existe mais desculpa para estar despreparado: o mercado tem oferecido uma gama de produtos específicos que facilitam bastante as coisas, tanto para os cuidadores quanto para os pets.

Na hora da viagem de carro é comum o animal ficar livre, mas uma das invenções mais úteis para outras formas de locomoção são as caixas, gaiolas e Bolsa de viagem para gatos e cães, também chamadas de kennel, que permitem o transporte confortável e seguro de um lugar a outro.

Quais são os cuidados necessários ao escolher uma caixa de transporte para pet?

É importante tomar cuidado na hora de escolher o modelo para não correr o risco de perder o embarque.

Embora cães-guia não paguem taxas de transporte e, geralmente, possam acompanhar os tutores no voo, as outras caixas de viagem para cães e gatos comuns devem atender às demandas específicas das empresas de ônibus e aviação. Caixas feitas de madeira, por exemplo, são proibidas em companhias aéreas.

Os tipos de caixa de transporte para cães variam desde o material até a composição dos detalhes, dos mais básicos aos mais luxuosos, mas, o essencial é ter certeza de que o fabricante é confiável e utiliza produtos de qualidade.

Uma caixa de plástico com design de baixa qualidade pode prender a pata dos animais nos buracos de respiração e provocar cortes, assim como uma caixa flexível feita com tecido de má qualidade pode rasgar facilmente.

Entretanto, evitar esse tipo de acidente é fácil. Na hora da compra no Pet shop, escolha sempre o modelo um tamanho maior do que o do seu animal, para que ele tenha espaço suficiente e fique bem-acomodado durante toda a viagem.

Tire as medidas do seu animal e da caixa, e certifique-se de que suas orelhas não toquem o teto do compartimento e ele possa deitar confortavelmente.

Uma casinha de transporte apertada demais e pode irritar os cães ou gatos, e o deslocamento em si já é uma ocasião estressante. Confira também se os cantos da caixa são arredondados.

Qual a diferença entre uma caixa de transportes rígida e uma flexível?

As caixas de transporte rígidas são as mais conhecidas e procuradas na Loja animal, ideais para cães de grande porte que precisam ser transportados no compartimento de carga.

São produzidas com materiais duros e resistentes, como o plástico, e sua estrutura confere mais estabilidade ao animal por não se alterar com a movimentação.

A praticidade também é um adicional, pois basta um pouco de água e sabão para limpá-las. Entretanto, por sua composição fixa, carregá-las e encontrar espaço para guardá-las depois do uso é trabalhoso.

Já as caixas de transporte flexíveis não têm esse problema. Apesar do nome, elas parecem mais uma bolsa, feitas com diferentes tipos de tecido que tornam o seu interior acolchoado.

Seu maior benefício está no fato de que podem ser dobradas e facilmente transportadas após a viagem sem ocupar muito espaço, mas esse também pode ser um defeito, já que ao erguer e movimentar a caixa flexível ela se altera bastante, podendo incomodar o pet.

Existem diferentes modelos rígidos e flexíveis, e no caso da caixa de transporte para gatos o preço é bastante variado conforme os materiais, detalhes e acessórios.

Existem caixas que vêm com rodinhas, modelos com gradeado na parte superior para melhora na ventilação, tapetes higiênicos, carrinhos etc. Algumas delas são:

  • Bolsa Ibiyaya;
  • Mochila;
  • Bolsa Chalesco;
  • Gilese Bag.;
  • Bolsa top hit;
  • Smart-bag.

Os animais geralmente apresentam dificuldades de adaptação ao receberem uma gaiola canil para pet shop nova, e alguns até mesmo se recusam a utilizá-las.

Um bom método para lidar com essas ocasiões é deixá-los se acostumarem à caixa com a porta aberta nas primeiras vezes, assim como colocar brinquedos, bichinhos de pelúcia, colchas e almofadas com os quais o pet já tenha tido contato, para que o cheiro se espalhe na bolsa e ele se sinta confortável.

Colocar o potinho de ração dentro do compartimento também pode ser uma solução.

Deixe uma resposta