Entenda aqui todas as maneiras de cuidar dos seus animais silvestres

Pode parecer loucura, mas assim como os animais domésticos, existem os animais silvestres que são diferentes, pois os domésticos estão acostumados a viver perto das pessoas e serem mais “sociáveis”.

Já o animal silvestre foi tirado da natureza e reage à presença do ser humano, pois nasceram e cresceram sem a intervenção deles. Por essa razão, possuem dificuldades para crescer e se reproduzir em cativeiro.

É chamado de “silvestre” animais que nasceram e vivem em seu habitat natural, diferentemente dos “exóticos” que são os que vivem em regiões diferentes do que o de seu costume.

O papagaio, a arara, o mico e o jabuti, ao contrário do que muitos pensam, são animais silvestres.
Infelizmente o Brasil é um dos países que mais exportam esse tipo de animal ilegalmente, portanto se você ama esses bichinhos, é necessário estar dentro da legislação animais silvestres.

De acordo com a Lei 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais) Artigo 29, Parágrafo 3º, a definição de animais silvestres é: “são espécimes da fauna silvestre todos aqueles pertencentes às espécies nativas, migratórias e quaisquer outras, aquáticas ou terrestres, que tenham todo ou parte de seu ciclo de vida ocorrendo dentro dos limites do território brasileiro, ou águas jurisdicionais brasileiras”.

Crimes contra animais silvestres

A Lei Federal nº 9605 considera crimes contra os animais silvestres:

  • Matar, perseguir, caçar, apanhar ou utilizar espécimes da fauna silvestre;
  • Impedir a procriação da fauna;
  • Destruir ou danificar ninho, abrigo ou criadouro natural;
  • Vender, expor à venda os animais
  • Exportar ou adquirir, guardar, utilizar ou transporta ovos, larvas ou espécimes da fauna silvestre, sem a devida permissão.
  • Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres.
  • Existem empreendimentos autorizados pelo órgão ambiental a criar e reproduzir esses animais, com a finalidade de comercialização dos filhotes.

Também existem lojistas autorizados a venderem animais oriundos desses criadores. Atualmente, há criadores comerciais para diversos tipos tais como papagaios, araras, tucanos, pássaros de canto, macacos-prego, saguis, entre outros.

Os animais silvestres no Brasil

O Brasil está entre os 17 países que abrigam a maior diversidade biológica, ou seja, somando as espécies nativas com as exóticas introduzidas no país, temos uma gama de animais que são constantemente introduzidos no nosso convívio social.

No Brasil, existem animais silvestres brasileiros que são mais comuns e por isso são o principal alvo do comércio ilegal.

O mico leão dourado é conhecido também como sauí. Ele é encontrado na Mata Atlântica, na região do Rio de Janeiro, sempre sobre as árvores e cipós.

Nativo da América do Sul, o lobo guará pode ser encontrado em algumas regiões do Brasil, como o Cerrado, Pantanal, campos da região sul, parte da Caatinga e Mata Atlântica.

Já a capivara pode ser encontrada na América do Sul e Central, perto de rios e lagos. É o maior roedor herbívoro do mundo.

O boto cor de rosa é um animal tipicamente brasileiro. É conhecido como o boto cor de rosa, mas sua coloração varia de acordo com a idade. A arara azul é altamente cobiçada pelos traficantes de animais.

Pode ser encontrada no interior da região sul do Brasil, Maranhão, Bahia, Mato Grosso, Minas Gerais e Goiás.

Mas, se você está disposto a seguir com esse desejo, precisa se atentar a alguns cuidados necessários para que seu bichinho seja bem tratado.

Em algumas localidades, existe o pet shop de animais silvestres e clínica veterinária animais silvestres, o que é ótimo e de extrema importância pois seu amigo exótico ou silvestre receberá o tratamento ideal.

Para quem é da capital e procura veterinário silvestre em SP, encontra algumas opções que faz um atendimento especializado para aves, répteis, pequenos mamíferos (coelhos, ferrets), primatas (saguis), roedores (chinchila, porquinho da índia, hamster, esquilo), entre outros.

A maioria dos estabelecimentos possuem tratamento e atendimento personalizado, utilizam a prática da medicina de espécies de animais como essas e auxiliam no tratamento ideal para que seu bichinho silvestre ou exótico seja melhor atendido e tenha qualidade de vida.

Cuidados com seu animal silvestre

A consulta médica para animais silvestres é realizada em regime ambulatório por um médico veterinário que se dedica a clínica especializada em animais silvestres, com viatura equipada para o efeito.

Possuem a missão de cuidar, proteger e assegurar o tratamento humano e ético de todas as espécies de animais.

Portanto quando decidir ter um desses bichinhos em sua casa, pesquise e se informe para que não tenha surpresas e poder fornecer saúde, segurança para seu animal.

Deixe uma resposta