Conheça melhor sobre as espécies de cobras de estimação

Uma Clínica veterinária para jiboia é necessária para proporcionar mais saúde e bem-estar a esse animal exótico de estimação. Eles ainda podem agregar serviços de estética visando um zelo maior com o animal.

Os cuidados que uma jiboia necessita para uma boa criação pode ter variações, pois deve-se levar em consideração o ambiente, a alimentação e a temperatura do local.

Por isso, é sempre recomendado contar com especialistas em animais silvestres para evitar problemas e complicações que possam interferir na saúde do réptil.

Nesse sentido, é possível contar com uma clínica veterinária para jiboia de qualidade ou uma Clínica veterinária para animal exótico de estimação.

Isso fará muita diferença no atendimento e tratamento do animal, pois agregam algumas modalidade de tratamento especializados, como:

  • Cardiologia animal;
  • Cirurgia em animais;
  • Tratamento para animais;
  • Internação de animais silvestres.

Existem outros recursos para que o pet exótico não tenha nenhuma complicação.

Quando uma clínica veterinária de animais exóticos apresenta qualidade, ela oferece atendimentos específicos com uma estrutura completa para qualquer atendimento e, ainda, proporcionando resultados com ótima qualidade.

É muito importante escolher corretamente uma Clínica veterinária serviços para animais exóticos, pois eles dispões de profissionais e especialistas nessas espécies de animais.

Geralmente elas  realizam atendimento 24 horas para ajudar com a qualidade de vida e saúde dos animais domésticos e silvestres.

Saiba mais sobre os tipos de serpentes domésticas mais comuns

As serpentes mais comuns em ambientes internos são aquelas que conseguem se adaptar melhor em uma criação em cativeiro.

Dessa forma, ao adquirir uma, deve levar em consideração se na residência há crianças, se tiver é necessário alguns cuidados básicos e que escolha uma espécie que seja fácil de manipular.

Lembrando que qualquer problema apresentado pelo animal, deve-se levar a uma Clínica veterinária animais exóticos.

A cobra do milho é a serpente mais popular, muito dócil e fácil de treinar. Tem cerca de 1 metro de comprimento e seu corpo possui tonalidades de laranja e amarelo com um fio negro, se alimentam de grilos, roedores, lagartixas e vermes.

A píton da Índia também tem fácil manipulação e precisa de poucos cuidados, no entanto, precisam de um terrário exterior grande e muita água, é muito sociável com seres humanos e outras cobras. Seu tamanho médio é de 5 metros.

A píton real é similar à píton da Índia, medindo entre 1 e 2 metros. É uma espécie muito atrativa por ter variadas cores e tonalidades, são manipuláveis, dóceis e precisam de pouco espaço. Ela também é conhecida como píton bola, pela forma como se enrosca ao sentir medo ou vergonha.

A coral falsa é uma das melhores escolhas de serpente doméstica, medem entre 0,5 e 1,5 metros e são muito fáceis de manipular. Apresenta a tonalidade de vermelho, preto e amarelo. Dependendo da serpente, sua dieta insere insetos, rãs, peixes e pequenos crustáceos.

Há dois tipos de serpentes rasteiras. Uma delas não é venenosa, sendo criadas em cativeiro, têm belas tonalidades de laranja ou marrom, medindo entre 1,5 e 2 metros. Contudo, precisam de uma higiene reforçada com a água, pois gostam de se refrescar com frequência.

A jiboia causa controvérsias sobre sua posse em cativeiro, pois uns defendem sua doçura e capacidade de treinamento, mas necessitam de bastante cuidados com sua saúde e socialização para não ficarem agressivas.

Qualquer tipo de cobra doméstica requer conhecimento e preparação por parte dos proprietários, por isso, é essencial consultar um Veterinário animais exóticos para tirar dúvidas e saber todos os cuidados sobre ele, pois é essencial preservar suas espécies e o ambiente a seu redor.

Veja as características para uma cobra doméstica

Além de saber da espécie é necessário se atentar a alguns pontos para adquirir uma cobra de estimação como o seu tamanho e o espaço disponível, pois há serpentes de todos os tamanhos. Podendo medir mais de 10 metros ou não passar de 25 cm.

Escolha uma que se adapte ao espaço disponível, lembrando que eles podem apresentar problemas de saúde e ficarem agressivos ao serem submetidos a um ambiente inapropriado, quando isso ocorrer, leve-o a uma Clínica veterinária para animais exóticos para saber o que acontece com o animal.

Em relação a alimentação geralmente consome ratos ou pequenos mamíferos no seu habitat natural, isso torna difícil a adaptação da alimentação em cativeiro.

O ideal é optar por tipos de serpentes domésticas no qual alimentam de pequenos insetos, crustáceos, pescados ou caracóis. Esse tipo de nutrição é mais fácil de ser balanceada e encontrada de modo fresco.

Há espécies de serpentes que são mais sociáveis e se adaptam facilmente ao convívio com humanos, animais estimação e crianças. Alguns até são treinados para fazer truques e brincar com os donos.

As espécies venenosas são proibidas por lei, pois oferecem sério risco de vida para as pessoas e outros animais quando são criadas em cativeiro. Essa regra também vale para serpentes selvagens constritoras, pois são agressivas se não tomarem os devidos cuidados.

Ter criança em casa também é outro aspecto que deve ser levada em consideração, pois muitas crianças gostariam de ter uma cobra como animal de estimação, se os pais estiverem de acordo, o recomendado é optar por uma espécie de um tamanho menor, fácil de manipular e de treinar, tendo grande capacidade de se socializar.

2 comentários em “Conheça melhor sobre as espécies de cobras de estimação

  1. A principal coisa a se ter em mente ao eliminar cobras e que o contato fisico com elas e sempre uma ma ideia. E melhor examinar a criatura, determinar seu tipo e so entao confronta-la.

Deixe uma resposta